• O teste do desenho como instrumento de diagnóstico da personalidade

O teste do desenho como instrumento de diagnóstico da personalidade

  • Editora: VOZES
  • Autor: CAMPOS
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$36,50

O presente trabalho foi organizado com o objetivo de representar uma contribuição, em língua portuguesa, no sentido de procurar satisfazer as necessidades manifestados no campo da Psicologia Aplicada sobretudo pelos especialistas que iniciam o trabalho com análise de desenhos. No entanto, a enorme aceitação da obra por parte do público leva a crer que sua aplicabilidade tem-se revelado de muito maior alcance.

O livro tem sua estrutura organizada da seguinte forma: a primeira parte consta de uma rápida notícia histórica do desenho como instrumento de diagnóstico psicológico e de comentários sobre a validade e, mesmo, vantagens dos testes do desenho quando analisados comparativamente com outros testes. A segunda parte, apresenta a técnica de aplicação do teste do desenho denominado HTP (House, Tree, Person), e as normas para respectiva interpretação, possibilitando diagnóstico da personalidade do testado, numa tentativa de reunir e sistematizar muito do material que vem sendo padronizado nesse sentido.

Este livro não tem entre seus principais destinatários, obviamente, os especialistas no assunto, mas um público mais amplo de profissionais interessados em explorar este conhecimento e esses instrumentos em suas atividades profissionais.


Sumário:

INTRODUÇÃO

PRIMEIRA PARTE: A importância do Teste do Desenho como Instrumento de Diagnóstico Psicológico

I. Notícia histórica / 13
II. O teste do Desenho como instrumento de determinação do nível mental / 14
III. O teste do Desenho como instrumento de diagnóstico da personalidade / 16

SEGUNDA PARTE: Técnica de Aplicação do Desenho para Diagnóstico da Personalidade e Normas de Interpretação

A. Material para Aplicação do Teste / 29
B. Técnica de Administração do Teste / 29
C. Interpretação de alguns aspectos gerais do desenho / 38
   I. Localização no papel / 38 
   II. Pressão no desenhar / 40 
   III. Caracterização do traço / 41 
   IV. Simetria do desenho / 42 
   V. Detalhes no desenho / 42 
   VI. Movimentos nos desenhos / 43 
   VII. Tamanho da figura / 44 
   VIII. Uso da borracha / 45
   IX. Riscar o papel / 45
D. Normas para Interpretação do Desenho da Casa / 45
   I. Teto / 45 
   II. Telha / 47 
   III. Paredes / 47 
   IV. Porta / 47 
   V. Fechaduras ou dobradiças / 48 
   VI. Janelas / 49 
   VII. Cortinas ou postigos ou persianas / 50 
   VIII. Chaminé / 50 
   IX. Perspectiva da casa / 52 
   X. Linha representativa do solo / 53 
   XI. Acessórios do desenho da casa / 53
E. Normas para Interpretação do Desenho da Árvore / 55
   I. Interpretação geral do desenho da árvore / 56 
   II. Tronco / 58 
   III. Raiz / 63 
   IV. Copa / 65 
   V. Flores / 70 
   VI. Galhos ou ramos / 71 
   VII. Folhas / 76 
   VIII. Frutos / 76
   IX. Outros acessórios / 76 
   X. Impressão de conjunto da árvore / 77 
   XI. Idade atribuída à árvore / 79 
   XII. Árvore apresentada como morta / 80
F. Normas para Interpretação de Aspectos Gerais do Desenho da Figura Humana / 81 
   I. Proporção entre os desenhos feitos / 81 
   II. Posição da figura desenhada / 82 
   III. Transparência nas figuras / 83 
   IV. Figuras cabalísticas / 83 
   V. Figuras grotescas / 83 
   VI. Figura não inteira / 83 
   VII. Sucessão das partes desenhadas / 84
G. Normas para Interpretação Especifica de cada Parte da Figura Humana Desenhada / 85
   I. Cabeça / 85 
   II. Rosto / 86 
   III. Olhos / 86 
   IV. Sobrancelhas e pestanas / 87 
   V. Cabelos / 88 
   VI. Bigode e barba / 89 
   VII. Óculos / 90 
   VIII. Nariz / 90 
   IX. Boca / 91 
   X. Orelhas / 92 
   XI. Queixo / 93 
   XII. Pescoço / 93 
   XIII. Ombros / 94 
   XIV. Costelas / 94 
   XV. Braços / 95 
   XVI. Mãos / 96 
   XVII. Dedos / 97 
   XVIII. Unhas / 98 
   XIX. Anéis nos dedos / 98 
   XX. Cintura / 98 
   XXI. Pernas / 98 
   XXII. Pés / 99 
   XXIII. Tronco / 100 
   XXIV. Roupas / 101 
   XXV. Colarinho / 101 
   XXVI. Cinto e calças / 102
   XXVII. Elementos acessórios / 102 
   XXVIII. Nus / 103
H. O Desenho da Família / 103
   I. Objetivos / 103 
   II. Dados a se registrar, na aplicação do teste / 103 
   III. Normas para interpretação do desenho da família / 104 
   IV. Normas para interpretação dos traços do desenho da família / 104
I. Causas Encontradas por Emanuel F. Hammer / 106
J. Alguns Comentários de A. Abraham sobre as Técnicas de Interpretação do Desenho da Figura Humana de Machover e Buck / 106
K. Significação das Cores / 107
   I. Quanto à variação / 107 
   II. Quanto à intensidade e freqüência no uso das cores / 108 
   III. Simbolismo quanto à disposição das cores / 109

BIBLIOGRAFIA / 110 

A autora

Dinah Martins de Souza Campos, é mestra e doutora em Psicologia, sempre atuou no campo da Psicologia como professora, psicóloga, pesquisadora, orientadora de teses em cursos de Pós-graduação. É autora de livros de Psicologia, dentre os quais destacam-se: Psicologia da aprendizagem; Psicologia da adolescência e Psicologia e desenvolvimento humano. Faleceu em novembro de 2012.


Detalhes do Produto

Título O teste do desenho como instrumento de diagnóstico da personalidade
Autor Dinah Martins de Souza Campos
Edição / Ano 47/2014
ISBN 8532601782
Dimesões 14X21
Número de Páginas 109
Capa BROCHURA

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.